Menu Principal


Medo pode ser benéfico na carreira do profissional, diz especialista PDF Imprimir E-mail

Por Karla Santana Mamona

Em determinados momentos da carreira, muitas pessoas sentem medo, seja por ter de tomar alguma atitude nova, mudar de emprego, opinar sobre alguma situação, fechar um negócio ou até mesmo criar a sua própria empresa.

Ao contrário do que a maioria das pessoas acredita, o medo não é necessariamente um entrave ao sucesso do profissional. É o que afirma o publicitário e diretor da consultoria Satyawork, Marcio Svartman.

“O medo em si não atrapalha. Ele serve como um alerta de algo, seja por uma situação desconhecida ou devido a um potencial de risco. A questão é como a pessoa reage ao medo”, explica.

Reações

De acordo com o especialista, uma das piores reações do medo é quando o profissional fica paralisado. Dessa maneira, ele não vai em busca de novas experiências, permanecendo na mesma situação.

Já a reação benéfica é a oposta, quando, devido a este sentimento de temor, a pessoa busca fazer algo que possibilite encontrar outras oportunidades. “O medo pode ser um sinal para a pessoa se movimentar. Para ela achar outros caminhos”, acrescenta Svartman.

Como lidar com o medo

Apreender a lidar com o medo exige que o profissional faça constantemente um exercício de autoavaliação e autoconhecimento.

O especialista afirma que, para lidar com este sentimento, é necessário identificar o motivo do medo. A pessoa deve analisar o que causa determinadas reações, como insegurança, nervosismo ou até mesmo pânico.

“A análise tem de ser algo mais profundo. É um processo de autoconhecimento e desenvolvimento. Não existe fórmula mágica”, finaliza.

 

Fonte: www.cnj.jus.br