Menu Principal


Auxílio tecnológico: CNJ faz auditorias nos Tribunais de Justiça PDF Imprimir E-mail

A Secretaria de Controle Interno do Conselho Nacional de Justiça está fazendo auditorias para verificar se os equipamentos enviados para os Tribunais de Justiça estão efetivamente auxiliando na rapidez do Judiciário. O programa de modernização da Justiça terá continuidade em 2011, mas as futuras doações serão condicionadas ao resultado das auditorias.

“Não é um programa de distribuição de equipamentos, mas de modernização do Judiciário para prestar melhores serviços à sociedade, tornando a Justiça mais ágil e acessível ao cidadão”, informou Sílvia Caldas Ferreira, chefe da seção de auditoria do CNJ. O Conselho já investiu mais de R$ 100 milhões na compra de equipamentos de tecnologia da informação, que foram repassados aos tribunais.

 

Auditorias
As auditorias vão verificar se o programa está atingindo o seu principal objetivo, que é tornar a Justiça mais célere. Na semana passada, a Seção de Auditoria do CNJ promoveu uma videoconferência para orientar os responsáveis pelo controle interno dos tribunais das 27 unidades da federação sobre os pontos fundamentais da verificação.

A análise ficará a cargo do controle interno de cada tribunal. A seção de auditoria do CNJ vai coordenar o trabalho, orientando e esclarecendo dúvidas das equipes estaduais. “Nossa proposta é padronizar os instrumentos de controle e trabalhar de forma integrada”, explicou Sílvia. A expectativa é de que as auditorias sejam concluídas até março. Com informações da Assessoria de Imprensa do CNJ.

 

Fonte: www.conjur.com.br