Menu Principal


Judiciário em Dia lança processômetro nesta segunda-feira PDF Imprimir E-mail

O projeto Judiciário em Dia contará com um processômetro que vai informar on-line quantos processos já foram julgados pelo mutirão que acontece desde o último dia 20 de setembro no Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3). O programa é resultado de uma parceria entre a Corregedoria Nacional de Justiça e a Corregedoria-Geral da Justiça Federal e vai dar vazão a mais de 80 mil processos do TRF3, sobretudo os mais antigos. O processômetro será lançado nesta segunda-feira (18/10) às 16h, em cerimônia na sede do TRF3, em São Paulo, e ficará disponível nos sites do TRF3 e do CNJ. A solenidade contará com a presença do corregedor-geral da Justiça Federal, ministro Francisco Falcão, e do assessor especial da Corregedoria Nacional de Justiça desembargador Vladimir Passos de Freitas.

 

Também na segunda-feira (18/10), a partir das 10h terá início a primeira sessão de julgamentos do Judiciário em Dia, na sede do TRF3. Na sessão, que será presidida pelo desembargador federal Cotrim Guimarães, 110 processos serão julgados. Outras sessões de julgamento já foram agendadas para os dias 22, 25 e 26 de outubro para dar vazão aos processos do mutirão. Até o final deste mês, a ideia é que cerca de 12 mil ações sejam concluídas, a maior parte envolvendo conflitos relacionados ao Sistema Financeiro de Habitação e à Previdência Social. Uma ação popular com mais de 50 volumes será julgada na sessão do dia 22 a partir das 11h.

Conciliações – Paralelamente à sessão de julgamentos, na segunda-feira (18/10), a partir das 12h30, terá início o mutirão de conciliações do Judiciário em Dia no Fórum Pedro Lessa, em São Paulo. Um esforço concentrado promovido de 18 de outubro até 18 de fevereiro de 2011 pretende solucionar cerca de 1.700 ações judiciais relacionados ao Sistema Financeiro de Habitação e à carteira comercial da Caixa Econômica Federal, por meio de um acordo amigável entre as partes. Parcela dos processos envolve dívidas relacionadas ao financiamento de imóveis, empréstimos, cheque especial, crédito educativo, entre outros assuntos. Na próxima semana, de 18 a 22 de outubro, serão realizadas 141 audiências de conciliação.

Agência CNJ de Notícias

Fonte: www.cnj.jus.br